Plano de saúde para funcionários

Plano de saúde para funcionários – Os convênios médicos empresariais são os convênios de pessoas físicas, mas com algumas características próprias. Eles são coletivos, ou seja, as condições são oferecidas a todos os colaboradores gerando uma certa porcentagem de descontos pela contingência — e o colaborador pode optar por participar ou não.

Esse é um benefício opcional, já que não tem qualquer obrigatoriedade, segundo a legislação trabalhista. No entanto, é uma vantagem na hora de atrair, contratar e reter profissionais na empresa. Por isso, muitas organizações investem na oferta do plano de saúde.

O convênio médico pode ser oferecido aos colaboradores e a membros de sua família, agregando valor ao cargo. Sócios, gestores, aposentados, estagiários, trabalhadores temporários e menores aprendizes também podem ter acesso a um plano de saúde empresa.

O custo do plano de saúde varia de acordo com o total de colaboradores e a rede de serviços e hospitais escolhida. Um plano básico de saúde para uma empresa com 20 funcionários pode custar em torno de R$ 5 mil por mês. O custo médio por colaborador corresponde a aproximadamente 11,5% da folha de pagamento.

Além disso, pode haver ou não a chamada coparticipação. Se existir, o colaborador arca com o pagamento de um percentual de todas as consultas, exames e procedimentos realizados. O restante está incluído no plano contratado pela empresa.

Com relação à carência, os prazos são os mesmos dos convênios voltados para pessoas físicas, isto é:

24 horas para casos de urgência e emergência;
300 dias para parto;
24 meses para cobertura de lesões e doenças preexistentes;
180 dias para o restante dos casos.
Um cuidado a ser tomado pelas empresas é referente ao índice de sinistralidade, que demonstra o total gasto pela operadora para cumprir as despesas previstas em contrato. Quando ultrapassa 70% do valor pago pelo cliente, pode haver um reajuste.

Chame Plano de Saúde
Enviar
(16)98120-5363